100_100_victoreleuterio_020058_34124

Marcelo Medeiros fica em segundo entre os quadriciclos na etapa “Padin Ciço” do Sertões 2021

Maranhense tetracampeão da competição segue nesta segunda-feira com destino ao Piauí

Araripina (PE) – Marcelo Medeiros, da Taguatur Racing Team, finalizou a segunda etapa do 29º Sertões na segunda posição entre os quadriciclos. O maranhense, que foi o quarto piloto a largar no dia, atravessou os 241 quilômetros da especial deste domingo, 15, entre Patos (PB) e Juazeiro do Norte (CE) em 04h46min49seg, mais de oito minutos após o primeiro colocado. A etapa ainda reservou um deslocamento final de outros 241 quilômetros até a chegada em Araripina (PE), capital nacional do gesso.

O trecho especial deste domingo teve dois complicadores. A começar pelo clima árido e quente que, mais uma vez botou a prova o condicionamento físico de cada competidor. O outro fator foi o nível de dificuldade da prova, que ficou ainda mais “casca grossa”. Passando por 11 cidades, o trajeto iniciou por fazendas, e se destacou pela quantidade de buracos, mata burros, piso em erosão, trechos bem sinuosos com aclives, entre outras adversidades. A partir do meio da prova, as pistas foram de alta velocidade com piso de cascalhos, pedras e piçarras, bem característica do semi-árido nordestino, Foi nesse trecho que o piloto da Yamaha YFM 700R #100 passou por imprevistos que prejudicaram seu desempenho.

“A prova foi boa e eu estava indo bem, mas tive um problema com o pneu. Tive que parar e remendá-lo. Voltei à prova e logo em seguida reparei que estava vazando no local em que eu havia remendado e eu tive que parar de novo. Isso fez eu perder tempo. Mas dá tempo de recuperar, afinal estamos na segunda etapa ainda e temos mais sete pela frente. Estamos na briga. Amanhã é outro dia”, relata Marcelo Medeiros, que disputa a competição tanto pelo Campeonato Brasileiro de Cross Country quanto pela FIM.

A terceira etapa da competiçãoo reserva uma das especiais mais bonitas de toda a competição. Os 220 quilômetros de trecho de prova entre Araripina (PE) e São Raimundo (PI) passa pela Serra da Capivara, um dos mais antigos sitios arqueológicos das Américas, com pinturas rupestres com mais de 50 mil anos de história. O caminho, por região montanhosas, terá muitas pedras, passagens por pontes altas e caminhos que exigem alta atenção do piloto. A especial promete ser mais travada, com pistas mais estreitas e que no final terá cerca de 15 km em trecho de areia. A previsão do tempo promete sol a pino, com temperatura na casa dos 34ºC.  A navegação e a concentração serão muito importantes nesta etapa. Uma boa estratégia será fundamental.

A competição será dividida em prólogo mais nove etapas. O rali passará ainda por São Raimundo Nonato (PI), Xique-Xique (BA), Petrolina (PE), Delmiro Gouveia (AL), Arapiraca (AL) e Tamandaré (PE), onde será a chegada no dia 22, e sediará a cerimônia de premiação.

Marcelo Medeiros conta com patrocínio do Governo do Estado do Maranhão e do Centro Elétrico, através da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, no Sertões.

ESULTADO DA 2ª ETAPA – QUADRICICLOS
“Padim Ciço”: Patos (PB) / Araripina (PE)
1) #107 Manuel Andujar, Yamaha Raptor 700, Bianchini Rally, 04h38min03seg
2) #100 Marcelo Medeiros, Yamaha YFM-700R, Taguatur Racing Team, 04h46min49seg
3) #101 Rafal Sonik, Yamaha Raptor, Sonik Team, 04h54min40seg


RESULTADO GERAL APÓS DUAS ETAPAS – QUADRICICLOS
1) #107 Manuel Andujar, Yamaha Raptor 700, Bianchini Rally, 09h23min36seg2
2) #100 Marcelo Medeiros, Yamaha YFM-700R, Taguatur Racing Team, 09h23min55seg2
3) #101 Rafal Sonik, Yamaha Raptor, Sonik Team, 09h56min38seg1

Próximos trechos do SERTÕES 2021:

Domingo, 15/08 – 2ª etapa – “Padim Ciço”: Patos (PB) / Araripina (PE)

DI – 20 km | TE – 249 km | DF – 241 km | Total = 511 km

Local da chegada: Parque dos Vaqueiros – Araripina (PE)

Segunda-feira, 16/08 – 3ª etapa – “São Raimundo Nonato”: Araripina (PE) / São Raimundo Nonato (PI)

DI -150 km | TE – 220 km | DF 45 km | Total= 451 Km

Local de chegada: Parque de Exposições – São Raimundo Nonato (PI)

Terça-Feira, 17/08 – 4ª etapa – “Laço do Vaqueiro”: S. Raimundo Nonato (PI)

DI – 0 km |TE – 316 km |DF – 5 km | Total= 321 km

Local de chegada: Parque de Exposições – São Raimundo Nonato (PI)

Quarta-feira, 18/08 – 5ª etapa – “Xique-xique”: S. Raimundo Nonato (PI) / Xique-Xique (BA)

DI – 14 km | TE – 329 km | DF – 100 km |Total = 422 km (MARATONA)

Local de chegada: Parque Aquático Ponta das Pedras

Quinta-feira, 19/08 – 6ª etapa – “Velho Chico”: Xique-Xique (BA) / Petrolina (PE)

DI – 0 km | TE – 328 km | DF – 148 km |Total = 476 km (FIM MARATONA)

Local de chegada: Pátio de evento Ana das Carrancas

Sexta-feira, 20/08 – 7ª etapa – “Lampião”: Petrolina (PE) / Delmiro Gouveia (AL)

DI – 139 km | TE – 240 km | DF – 62 km |TOTAL= 441 km

Local de chegada: Cidade Universitária

Sábado, 21/08 – 8ª etapa – “Alagoas”: Delmiro Gouveia (AL) / Arapiraca (AL)

DI – 9 km | TE – 152 km | DF – 87 km | TOTAL= 249 km

Local de chegada: Planetário e Casa da Ciência

Domingo, 22/08 – 9ªetapa – “Sertão virou mar”: Arapiraca (AL) / Tamandaré (PE)

DI – 194 km | TE – 133 km | DF – 18 km | TOTAL= 344 km

Local de chegada: Forte de Santo Inácio de Loyola

TOTAL GERAL= 3.615 km | TOTAL DE ESPECIAIS= 2.202 km

Mais informações da equipe:

Facebook e Instagram: @marcelomedeiros10

Assessoria de Comunicação:

SiG Comunicação – sig@sigcomunicacao.com.br

Silvana Grezzana Santos | Luciano Santos | Josi Castro

+55 (11) 99972-6966 / (11) 98663.1742

Crédito fotos: Fotop

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Sig Comunicação 2020 – Todos os direitos reservados