Categorias
GT Sprint Race

GT Sprint Race terá piloto da “casa” na inauguração do Autódromo Potenza

Mineiro Weldes Campos estará na disputa ao lado de Cesar Ramos no comando do carro #11. Prova decisiva da Special Edition acontece no final de semana, de 1º a 03 de outubro

O piloto Weldes Campos será o único mineiro no grid da GT Sprint Race na terceira e decisiva etapa do minitorneio Special Edition marcada para o fim de semana de 1º a 03 de outubro, no Autódromo Potenza, em Lima Duarte (MG), na Zona da Mata está localizada a sudeste do estado de Minas Gerais. Weldes e o gaúcho Cesar Ramos comandam o GTSR#11, na categoria PRO.

O evento marcará a estreia e a inauguração do circuito. As atividades serão iniciadas por sessões extras de treinos e treinos oficiais na sexta-feira, 1ª. No sábado, 02, acontece a primeira corrida e no domingo, 03, as duas corridas finais com a definição dos campeões nas três classes, PRO, AM e PROAM.

Weldes Campos se diz preparado para mais um final de semana de etapa de decisão na GT Sprint Race Special Edition. Piloto quer aproveitar para somar muitos pontos em busca do título, com seis corridas disputadas acumula 109 pontos na tabela de classificação da PRO.

“A expectativa é melhor possível, estamos a apenas treze pontos atrás da dupla líder minitorneio [Thiago Camilo/Pedro Ferro] e tudo pode acontecer ainda nessa etapa final da Special Edition”, mencionou o piloto de 34 anos, nascido em Belo Horizonte (MG).

Para o atual campeão do Overall, Special Edition, Rookie Of The Year e vice-campeão na categoria PROAM, será sensacional conhecer a pista nova. “Não conheço o Autódromo Potenza, tenho visto alguns vídeos e já deu para perceber que é um traçado incrível. Estou super animado para chegar e acelerar em busca de uma melhor posição possível ao lado do Cesar Ramos”, completou Weldes Campos (1MR, Insiders, Blue Coin e TradePro Capital).

As nove etapas que compõem o calendário da competição estão divididas em duas séries: o campeonato nacional, com seis etapas (duas corridas em cada), – Velocitta (SP), Interlagos (SP), Cascavel (PR) e duas em Curitiba (PR) –, e as três etapas da “Special Edition” – Goiânia (GO), Tarumã (RS) e Potenza (MG) –, com três corridas cada. Da somatória dessas séries sairá o campeão do Overall nas suas respectivas classes: PRO, AM e PROAM.

Todas as corridas da GT Sprint Race têm transmissão ao vivo para todo o país pelo YouTube, no canal oficial da categoria (youtube.com/gtsprintrace) e no programa Acelerados (youtube.com/acelerados), no Motorsport.com, e, pela TV, no BandSports. Durante a semana, após cada etapa, também terão exibição no programa Acelerados (Band), no Programa Na Faixa com National Sports Channel (COM Brasil TV). A geração de imagens é da MasterTV/Catve, com narração de Luc Monteiro e comentários de Eduardo Serratto.

A GT Sprint Race é patrocinada pela Pirelli e Militec1, têm apoio da TecPads, Fremax, Tekbond, Gold Springs e Graxa.

CLASSIFICAÇÃO SPECIAL EDITION

PRO

1) #03 Thiago Camilo/Pedro Ferro, 122 pontos

2) #19 Nathan Brito, 117

3) #25 Sergio Ramalho/Dudu Trindade, 112

4) #11 Weldes Campos, 109

5) #01 Alex Seid, 98

6) #37 Lourenço Beirão, 88

7) #85 Gabriel Casagrande / Eduardo Pavelski, 74

8) #11 Cesar Ramos,73

9) #82 Gerson Campos, 73

10) #37 Zezinho Muggiati, 52

AM

1) #72 Giovani Girotto, 101 pontos

2) #17 Walter Lester, 94

3) #4 Leandro Parizotto/Cassio Cortes, 48

4) #31 Vinny Azevedo /Luiz Arruda, 46

5) #31 Adriano Ramos, 43

6) #59 Danny Candia/Ernesto Benitez, 35

7) #37 Ricardo Kabanas, 32

8) #21 Cesar Fonseca/Beto Cavaleiro, 16

9) #4 Oscar Bittar, 0

PROAM

1) #35 Pedro Aizza, 142 pontos

2) #793 Adalberto Baptista, 99

3) #161 Antonio Junqueira/Pedro Costa, 89

4) #73 Francesco Franciosi, 88

5) #373 Raphael Teixeira, 82

6) #13 Rafael Dias/Marcus Índio, 60

7) #373 Kleber Eletric, 60

8) #7 Daniel Correa, 49

9) #373 Roberto Possas, 0

Confira as tabelas completas do Overall, GTSR Brasil, GTSR Special Edition e Rookie Off The Year no site https://sprintrace.com.br/tabela-de-classificacao-2021/.

Calendário GT Sprint Race 2021:

Etapa 1 – 02 de Maio – Velocitta – Mogi Guaçu/SP (Brasil/#GrandOpening)

Etapa 2 – 23 de Maio – Goiânia/GO (#SpecialEdition)

Etapa 3 – 27 de Junho – Interlagos/SP (Brasil/#SuperPole)

Etapa 4 – 18 de Julho – Cascavel/PR (Brasil/#TripleX)

Etapa 5 – 15 de Agosto – Tarumã/RS (#SpecialEdition)

Etapa 6 – 05 de Setembro – Curitiba/PR (Brasil/#InverseRace)

Etapa 7 – 03 de Outubro – Juiz de Fora/MG (#SpecialEdition)

Etapa 8 – 31 de Outubro – A confirmar (Brasil)

Etapa 9 – 05 de Dezembro – Curitiba/PR (Brasil/#MatchPoint)

Siga-nos também nas redes sociais:

Facebook: fb.com/SprintRaceBrasil

Twitter: @Sprint Race

Youtube: youtube.com/sprintracebrasil

Instagram: instagram.com/sprintrace

Site: www.sprintrace.com.br

Fotos para download:

https://www.flickr.com/photos/gt_sprint_race/albums

Consultoria de Comunicação e Assessoria de Imprensa

SIG Comunicação – sig@sigcomunicacao.com.br

Silvana Grezzana Santos | +55 (11) 999.726.966

Crédito fotos: Luciano Santos/SiGCom

Categorias
Accert Competições

Cristiano Rocha e Gustavo Lourençon voltam a acelerar no Mitsubishi Cup

Dupla da Accert Competições seguem para Mogi Guaçu, no interior paulista, para a quinta etapa da competição nacional no próximo final de semana

No próximo dia 25 de setembro, Cristiano Antonio Rocha e Gustavo Lourençon estarão novamente a bordo do veículo de competição especialmente produzido pela Mitsubishi Motors, inscrito na categoria Outlander Sport R, alinhados no pórtico de largada, prontos para levantar muita poeira, tirar as quatro rodas do chão e para vivenciar mais uma experiência exclusiva, repleta de velocidade e adrenalina.

A data marca a quinta etapa da 22ª temporada da Mitsubishi Cup, rally cross-country de velocidade, serão três voltas no circuito de aproximadamente 35 quilômetros, montado na Usina localizada na Fazenda Velocitta, em Mogi Guaçu/SP. Antes disso, na sexta-feira, 24, haverá um treino livre em uma pista de aproximadamente cinco quilômetros.

“Foram quatro etapas até aqui, e o próximo desafio promete ser uma das mais técnicas da temporada e também prazerosa para se pilotar. Seguimos evoluindo e aperfeiçoando nossa performance”, afirma o piloto Cristiano Rocha do carro #20.

“Nosso objetivo é sempre concluir as etapas com tempos bem próximos aos veteranos e, com isso, pontuarmos. Vamos brigar pelas primeiras posições do pódio até o fim da temporada”, finaliza o navegador Gustavo Lourençon.

A equipe Accert Competições tem sede em Goiânia (GO) e os competidores, Cristiano e Roberto, residem em Luís Eduardo Magalhães na região Oeste da Bahia e Chapecó (SC), respectivamente. A equipe é campeã do Sertões (PRO Brasil) e do Mitsubishi Cup (ASX R) em 2020 e foi eleita melhor equipe ddo Sertões 2021 .

Neste ano o campeonato está dividido entre as categorias, L200 Triton Sport R PRO, L200 Triton Sport R, L200 Triton ER PRO, L200 Triton ER, Outlander Sport R PRO e Outlander Sport R. O calendário com sete etapas, 21 provas, acontece no estado de São Paulo.

A equipe Accert Competições com sede em Goiânia (GO) recebe o patrocínio da Accert Transportes e Logística, Lavanderia Suprema, ALE Combustíveis, Ferragens Negrão, Sementes Oilema, Hotel LG, Cervejaria Oktos, Titaniun Energy Drink, Audiovolks e Worker.

PROGRAMAÇÃO MITSUBISHI CUP – MOGI GUAÇU / SP

SEXTA-FEIRA (24/09)

07h00 às 12h00 – Abertura do parque de apoio / equipes (Usina – Velocitta)

08h00 às 18h00 – Secretaria de prova (Usina – Velocitta)

09h00 às 12h00 – Vistoria técnica (Usina – Velocitta)

13h00 às 16h00 – Segunda vistoria técnica (Usina – Velocitta)

13h00 às 16h00 – Treinos livres (Pista)

18h00 às 19h00 – Briefing (Usina – Velocitta)

19h00 às 21h00 – Confraternização pilotos e navegadores (Usina – Velocitta)

SÁBADO (25/09) – 5ª ETAPA

07h00 às 07h40 – Parque fechado (Usina – Velocitta)

08h30 – Saída do primeiro carro no parque fechado (Usina – Velocitta)

08h40 – Largada 1º carro – prova 01 (Pista)

10h40 – Largada 1º carro – prova 02 (Pista)

12h40 – Largada 1º carro – prova 03 (Pista)

13h30 – Abertura do parque fechado (Usina – Velocitta)

15h00 às 15h45 – Premiação Mitsubishi Cup (Usina – Velocitta)

17h00 – Encerramento do evento  (Usina – Velocitta)

CALENDÁRIO MITSUBISHI CUP

Etapa 1 – 22 de maio – Mogi Guaçu (Autódromo Velocitta)

Etapa 2 – 26 de junho – Iracemápolis

Etapa 3 e 4 – 31 de julho e 1º de agosto – Mogi Guaçu (Autódromo Velocitta)

Etapa 5 – 25 de setembro – Mogi Guaçu (Autódromo Velocitta)

Etapa 6 – 23 de outubro – Jaguariúna

Etapa 7 – 20 de novembro – Mogi Guaçu (Autódromo Velocitta)

–          

Mais informações da equipe:

Facebook e Instagram: @accertcompeticoes

Consultoria de Comunicação e Assessoria
SIG Comunicação – sig@sigcomunicacao.com.br
Silvana Grezzana Santos (11) 999.726.966 
www.sigcomunicacao.com.br 

Categorias
Geral

Gold Classic em Cascavel terá transmissão ao vivo da Rede Cultura para todo o Brasil

Geferson Kern e Rodrigo Mattar, dupla titular da Fórmula Indy na emissora, responderão por narração e comentário no evento que terá em disputa a 35ª Cascavel de Ouro

Pela primeira vez a Cascavel de Ouro terá transmissão ao vivo em televisão aberta para todo o Brasil. Confirmada para dia 31 de outubro no Autódromo Internacional Zilmar Beux, a 35ª edição do evento mais tradicional do automobilismo do Sul do país será mostrada pela TV Cultura. Em 2021 a Cascavel de Ouro terá na pista os pilotos e carros da Gold Classic Brasil, categoria que responde atualmente pelo grid mais numeroso do país.

Rodrigo Mattar e Geferson Kern vão comandar a transmissão ao vivo. Foto: Divulgação

No ar, a transmissão da 35ª Cascavel de Ouro será comandada pelo narrador Geferson Kern, do Rio Grande do Sul, e pelo comentarista Rodrigo Mattar, do Rio de Janeiro. Considerados especialistas em automobilismo de competição e também responsáveis por blogs e produtos de boa audiência nas mídias digitais, os dois profissionais são as vozes da Fórmula Indy nas transmissões das corridas para o Brasil, também pela TV Cultura.

Os motores 1.6 e 2.0 compõem as divisões 1 e 2 da Gold Classic Brasil. Foto: Rafa Catelan

“A Cascavel de Ouro figura na tríplice coroa das corridas mais importantes do Brasil em sua história”, considera Kern. “Depois de ter sido disputada por máquinas como carros de turismo, do Maverick ao Etios, máquinas desde o protótipo Avallone até o Mercedes SLS e carros de Fórmula 2 e Fórmula 3 em idos tempos, é incrível saber que teremos na pista o grid numeroso e charmoso da Gold Classic. É uma satisfação imensa fazer parte disso”.

Divisão 3 e Divisão 4 vão formar o mesmo grid na Cascavel de Ouro. Foto: Rafa Catelan

A geração de imagens estará a cargo da Master TV. Com décadas de atuação, a produtora com sede em Cascavel responde pelo trabalho em categorias de automobilismo como Stock Car, Copa Truck, Copa Shell HB20, GT Sprint Race, Porsche Cup Brasil e Endurance Brasil. Reconhecida em várias modalidades, a empresa respondeu em 2021, por exemplo, pela transmissão ao vivo da final da Copa Libertadores da América para quase 200 países.

A Divisão 4 é destaque no grid da 35ª edição da Cascavel de Ouro. Foto: Rafa Catelan

O evento de 31 de outubro será composto por quatro corridas. Duas delas para o grid da Divisão 1 e da Divisão 2, para carros com pneus radiais de rua e equipados com motores até 1.6 e 2.0, respectivamente. A somatória dessas duas provas colocará em disputa a segunda edição da Cascavel de Prata. As outras duas corridas, valendo a Cascavel de Ouro de 2021, terão os carros da Divisão 3 e da Divisão 4, com maior abrangência técnica.

Os grids contarão com modelos como os VW Gol, Voyage, 1600, Fusca e Passat, os Ford Maverick e Escort, os Chevrolet Omega e Chevette, os Fiat Uno e 147, o Puma GTE, o Farus TS, o Porsche 914, além de protótipos históricos como o Aldee-VW e o Espron-BMW. A previsão da organização do evento é de que os dois grids totalizem um recorde de carros inscritos. A expectativa é de Cascavel de Ouro e Cascavel de Prata reúnem pelo menos 85 carros.

Consultoria de Comunicação e Assessoria de Imprensa

SIG Comunicação – sig@sigcomunicacao.com.br

Silvana Grezzana Santos | +55 (11) 999.726.966

Categorias
GT Sprint Race

GT Sprint Race: Adriano Ramos vem em ritmo crescente e se prepara para a reta final da temporada

Piloto de Campinas (SP) é estreante na temporada e conquista seus primeiros pódios na competição na categoria AM.

Fazendo a sua temporada de estreia na competição, o piloto Adriano Ramos segue mostrando o seu talento e, mesmo diante das dificuldades inerentes à sua adaptação ao carro equipado com motor de 300cv e aos circuitos está competitivo e têm conseguido evoluir ao longo dos treinos e das etapas. E, agora, na divisão do GTSR#31 com Caê Coelho, ocupa a terceira posição na tabela de classificação, com quatro segundos e dois terceiros lugares no pódio, acumula 150 pontos.

“Vejo um campeonato competitivo, com disputas bastante acirradas e cheias de talentos, mas também de oportunidades. Esse ambiente ajuda muito no desenvolvimento de cada um e da equipe como um todo. Por exemplo, desde a minha primeira corrida, cresci muito até agora, aprendi com vários colegas e ganhei familiaridade com o carro”, destaca Adriano Ramos.

Nas últimas etapas o piloto de Campinas (SP), demonstrou uma boa evolução se comparado à corrida de estreia no Campeonato. No circuito de 3.695 metros do Autódromo Internacional de Curitiba, na cidade de Pinhais (PR), que recebeu o quarto encontro do campeonato da GT Sprint Race Brasil, entre os dias 03 e 05 de setembro, após ocupar a quarta posição durante os treinos oficiais do sábado, Adriano e Caê classificam em quinto lugar para a primeira largada.

Nas disputas do domingo, a dupla foi atrás de melhorar ainda mais o desempenho e acabou encontrando o ritmo ideal. Com isso, Caê Coelho ficou com o segundo lugar no pódio na primeira corrida, mesmo posto em que Adriano Ramos recebeu a bandeirada final na segunda corrida. “Esperamos realizar o nosso máximo para conquistar os melhores resultados e continuar a figurar de forma constante na zona de pontos”, destaca Caê.

Em uma análise mais ampla do Campeonato, contudo, Adriano Ramos está satisfeito com o trabalho que está desenvolvendo com a equipe da GT Sprint Race. “Junto com o meu parceiro Caê, quero conseguir aperfeiçoar ainda mais as minhas habilidades, até o final do campeonato, e ganhar mais pontos para chegar até os primeiros dentro da categoria”, finaliza o competidor de 38 anos.

O próximo desafio da 10ª edição da GT Sprint Race será no dia 03 de Outubro em Lima Duarte, Minas Gerais, na inauguração do Autódromo de Potenza com a realização da sétima etapa do calendário 2021, terceira e decisiva etapa do torneio GTSR Special Edition.

A GT Sprint Race é patrocinada pela Pirelli e Militec1, têm apoio da TecPads, Fremax, Tekbond, Graxa e Gold Springs.

Classificação da GT Sprint Race Brasil (após oito corridas)

AM

1) #37 Luis Debes, 176 pontos

2) #17 Walter Lester, 156

3) #31 Caê Coelho/Adriano Ramos, 150

4) #72 Giovani Girotto, 70

5) #59 Danny Candia, 53

6) #33 Bruno Campos, 50

7) #33 Emilio Padron, 30

8) #12 Rafael Maeda/Marcus Índio, 28

9) #59 Oscar Bittar, 25

10) #90 José Vitte, 24

11) #07 Pedro Bezerra, 16

PRO

1) #04 Julio Campos /Léo Torres, 150 pontos

2) #01 Alex Seid/Marcelo Henriques, 130

3) #83 Gabriel Casagrande/Eduardo Pavelski, 125

4) #21 Thiago Camilo/Beto Cavaleiro, 121

5) #82 Gerson Campos, 119

6) #11 Weldes Campos, 109

6) #25 Eduardo Trindade/Sérgio Ramalho, 105

8) #19 Nathan Brito/Luciano Zangirolami, 84

PROAM

1) #35 Pedro Aizza, 169 pontos

2) #73 Francesco Franciosi, 138

3) #13 Rafael Dias, 132

4) #03 Pedro Ferro, 122

5) #161 Pedro Costa/Antonio Junqueira, 105

6) #793 Adalberto Baptista, 97

7) #03 Lourenço Beirão, 39

8) #12 Zezinho Muggiati/Edgar Bueno Neto, 26

Confira as tabelas completas do Overall, GTSR Brasil, GTSR Special Edition e Rookie Off The Year no site https://sprintrace.com.br/tabela-de-classificacao-2021/.

Calendário GT Sprint Race 2021:

Etapa 1 – 02 de Maio – Velocitta – Mogi Guaçu/SP (Brasil/#GrandOpening)

Etapa 2 – 23 de Maio – Goiânia/GO (#SpecialEdition)

Etapa 3 – 27 de Junho – Interlagos/SP (Brasil/#SuperPole)

Etapa 4 – 18 de Julho – Cascavel/PR (Brasil/#TripleX)

Etapa 5 – 15 de Agosto – Tarumã/RS (#SpecialEdition)

Etapa 6 – 05 de Setembro – Curitiba/PR (Brasil/#InverseRace)

Etapa 7 – 03 de Outubro – Juiz de Fora/MG (#SpecialEdition)

Etapa 8 – 31 de Outubro – A confirmar (Brasil)

Etapa 9 – 05 de Dezembro – Curitiba/PR (Brasil/#MatchPoint)

Siga-nos também nas redes sociais:

Facebook: fb.com/SprintRaceBrasil

Twitter: @Sprint Race

Youtube: youtube.com/sprintracebrasil

Instagram: instagram.com/sprintrace

Site: www.sprintrace.com.br

Fotos para download:

https://www.flickr.com/photos/gt_sprint_race/albums

Consultoria de Comunicação e Assessoria de Imprensa

SIG Comunicação – sig@sigcomunicacao.com.br

Silvana Grezzana Santos | +55 (11) 999.726.966

Crédito fotos: Luciano Santos/SiGCom

Categorias
GT Sprint Race

Com disputas eletrizantes, GT Sprint Race reveza líderes na AM

Foram ao topo da tabela do torneio nacional três carros diferentes em quatro etapas da nona temporada. A busca será acirrada nas duas etapas finais do campeonato Brasil, marcadas para 31/10 e 03/12. Antes disso, a categoria terá a decisão da GT Sprint Race Special Edition no dia 03/10.

Na categoria AM, em quatro etapas e oito corridas disputadas da GT Sprint Race da competição nacional Brasil foi uma verdadeira alternância de lideranças, três carros já estiveram à frente.  Na primeira etapa o GTSR#33 de Bruno Campos, no Velocitta, em seguida o GTSR#17 de Walter Lester assumiu e se manteve líder da segunda à quarta etapas e, ao final das corridas de Curitiba, o GTSR#37 de Luis Debes é novo líder da tabela de classificação com 179 pontos acumulados. Tanto Lester quanto Debes fazem excelentes campanhas.

Luis Debes conta a sua quarta vitória no ano, um segundo e um terceiro lugar no pódio, e está com vinte pontos a mais de vantagem em relação ao segundo colocado. “Este ano conseguimos evoluir muito. Sempre me falavam de que correr sozinho (sem uma dupla no carro), teria vantagens e desvantagens. Mas a vantagem da quilometragem no fim de semana seria muito grande. Percebi isso logo na primeira corrida. Evolui bastante também em termos de confiança. Com o resultado que alcancei nas últimas três etapas, subi ao topo da classificação da categoria e isso me deixa muito feliz e animado”, menciona Debes.

A diferença entre os primeiros colocados não é confortável, por isso, os pilotos precisam agir com inteligência e traçar uma estratégia pensando no campeonato, principalmente os pilotos que irão carregar 30 quilos na próxima pela liderança.

“A briga está muito equilibrada e tenho visto evolução em todos os competidores. Isso é bacana, pois enobrece as conquistas, porém também coloca uma pressão enorme para as próximas etapas. Mas me sinto preparado para conviver com esta pressão e muito otimista para a fase final do campeonato”, conclui o competidor de 45 anos.

Walter Lester lidera no campeonato Overall com 250 pontos. Ao longo do campeonato conquistou duas vitórias, dois segundos e dois em terceiro lugares no pódio no torneio nacional e soma 156 pontos. E foram mais uma vitória e dois segundo lugares no minitorneio da Special Edition, onde acumula 94 pontos. É nítida a constância do piloto paulistano entre os primeiros colocados a cada etapa da edição 2021.

“Estou muito feliz com o campeonato, temos tido corridas muito bacanas com um carro excelente e confiável. A classe AM está bem disputada com a alternância de posições na liderança a toda hora, fiquei à frente da tabela por duas etapas e após a quarta etapa cai para segundo. Uma pena baterem em mim em Curitiba já poderia estar líder, mas são coisas que acontecem. Então, tudo pode acontecer até a última corrida do ano. Agora é manter o foco e marcar pontos em todas restantes para tentar a primeira posição novamente”, declarou Walter.

As nove etapas que compõem o calendário da competição estão divididas em duas séries: o campeonato nacional, com seis etapas (duas corridas em cada), e as três etapas da “Special Edition” (três corridas em cada). Da somatória dessas séries sairá o campeão do Overall nas suas respectivas classes: PRO, AM e PROAM.

A temporada que chega à sua fase final. Restam quatro corridas das 12 programadas do campeonato GT Sprint Race Brasil. A penúltima etapa, quinta do ano, está marcada para o dia 31 de outubro, com praça a ser confirmada em breve. A 6ª e última etapa no Autódromo de Curitiba no dia 03 de dezembro. 

Já a terceira e decisiva etapa do torneio GT Sprint Race Special Edition será na inauguração do Autódromo Potenza em Lima Duarte (PR), no dia 03 de outubro. Portanto, somam-se ao calendário 2021, mais duas etapas (seis corridas) da GT Sprint Race Special Edition, totalizando nove etapas e 21 corridas na 10ª edição do evento.

A GT Sprint Race é patrocinada pela Pirelli e Militec1, têm apoio da TecPads, Fremax, Tekbond, Graxa e Gold Springs.

Classificação da GT Sprint Race Brasil (após oito corridas)

AM

1) #37 Luis Debes, 176 pontos

2) #17 Walter Lester, 156

3) #31 Caê Coelho/Adriano Ramos, 150

4) #72 Giovani Girotto, 70

5) #59 Danny Candia, 53

6) #33 Bruno Campos, 50

7) #33 Emilio Padron, 30

8) #12 Rafael Maeda/Marcus Índio, 28

9) #59 Oscar Bittar, 25

10) #90 José Vitte, 24

11) #07 Pedro Bezerra, 16

PRO

1) #04 Julio Campos /Léo Torres, 150 pontos

2) #01 Alex Seid/Marcelo Henriques, 130

3) #83 Gabriel Casagrande/Eduardo Pavelski, 125

4) #21 Thiago Camilo/Beto Cavaleiro, 121

5) #82 Gerson Campos, 119

6) #11 Weldes Campos, 109

6) #25 Eduardo Trindade/Sérgio Ramalho, 105

8) #19 Nathan Brito/Luciano Zangirolami, 84

PROAM

1) #35 Pedro Aizza, 169 pontos

2) #73 Francesco Franciosi, 138

3) #13 Rafael Dias, 132

4) #03 Pedro Ferro, 122

5) #161 Pedro Costa/Antonio Junqueira, 105

6) #793 Adalberto Baptista, 97

7) #03 Lourenço Beirão, 39

8) #12 Zezinho Muggiati/Edgar Bueno Neto, 26

Confira as tabelas completas do Overall, GTSR Brasil, GTSR Special Edition e Rookie Off The Year no site https://sprintrace.com.br/tabela-de-classificacao-2021/.

Calendário GT Sprint Race 2021:

Etapa 7 – 03 de Outubro – Juiz de Fora/MG (#SpecialEdition)

Etapa 8 – 31 de Outubro – A confirmar (Brasil)

Etapa 9 – 05 de Dezembro – Curitiba/PR (Brasil/#MatchPoint)

Siga-nos também nas redes sociais:

Facebook: fb.com/SprintRaceBrasil

Twitter: @Sprint Race

Youtube: youtube.com/sprintracebrasil

Instagram: instagram.com/sprintrace

Site: www.sprintrace.com.br

Fotos para download:  https://www.flickr.com/photos/gt_sprint_race/albums

Consultoria de Comunicação e Assessoria de Imprensa

SIG Comunicação – sig@sigcomunicacao.com.br

Silvana Grezzana Santos | +55 (11) 999.726.966

Crédito fotos: Luciano Santos/SiGCom

Categorias
Geral

Gold Classic mantém Cascavel de Ouro no calendário do automobilismo em 2021

Confirmada para 31 de outubro no Autódromo Internacional Zilmar Beux, etapa final colocará em disputa a 35ª edição da corrida mais tradicional do Sul do Brasil

As corridas da etapa final da Gold Classic colocarão em disputa, além dos títulos das quatro divisões do campeonato, o troféu mais tradicional do automobilismo brasileiro: a Cascavel de Ouro. Marcado para 31 de outubro no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel, o evento tem participação confirmada de pilotos de 55 carros, todos devidamente já inscritos por pilotos de cinco estados brasileiros e da Argentina.

A Gold Classic terá em disputa a 35ª Cascavel de Ouro

De 2014 a 2020 a Cascavel de Ouro teve seu grid formado pelos carros de Marcas 1.6, que atualmente compõem o campeonato da Turismo Nacional. Inicialmente, seria o formato para esta 35ª edição, que acabou tendo sua realização cancelada pelo piloto Edson Massaro, promotor do evento desde 2017. A etapa da Gold Classic estava no cronograma do evento e teve sua realização mantida pelo organizador Luc Monteiro.

O narrador Luc Monteiro, organizador da Gold Classic

“Diante das mudanças que ocorreram consideramos a Gold Classic a categoria perfeita para que a Cascavel de Ouro fosse mantida no calendário”, expõe o engenheiro Renato César Pompeu, presidente do Automóvel Clube de Cascavel. “O campeonato nasceu em Cascavel e em poucos anos consolidou um sucesso de aceitação no Brasil inteiro. A Gold Classic, hoje, representa muito desses 55 anos de história do Automóvel Clube”, diz.

A diversidade de carros, marca maior da Gold Classic

A Divisão 4 da Gold Classic, composta pelas classes Premium e Stock, totaliza 22 carros inscritos. Na Divisão 3, com as classes Turismo e GT & Protótipos, são sete carros. São os pilotos que vão disputar a inclusão de seus nomes na galeria dos campeões da Cascavel de Ouro. Essa disputa seguirá um regulamento desportivo particular que não interfere no formato da etapa e na disputa pelo título das categorias do campeonato.

As divisões 1 e 2 terão em disputa a Cascavel de Prata

Para a Divisão 2, que tem 12 carros inscritos nas classes GT e Turismo, e a Divisão 1, com 14 carros nas classes Speed e Turismo, a etapa de Cascavel colocará em disputa a 2ª Cascavel de Prata. “As categorias são determinadas pelo potencial e pelas características de cada carro. Proporcionar a Cascavel de Prata para as divisões 1 e 2 é uma forma de contemplar todos com a possibilidade real de fazer história”, considera Monteiro.

A Cascavel de Ouro de 2020, com os carros da Turismo Nacional, teve como campeões o paraguaio Odair dos Santos, o paranaense Thiago Klein e o pernambucano Beto Monteiro. Eles competiram com um GM Onix da gaúcha Giocar Racing-Autotech. Na Cascavel de Prata, que teve sua primeira edição, a vitória foi do paranaense Rafael Colombari e do goiano Pablo Alves, com o Ford Fiesta da Ferrari Motorsport.

OS PARTICIPANTES DA 35ª CASCAVEL DE OURO

(Lista de pilotos inscritos na etapa final da Gold Classic)

DIVISÃO 4

1 – Mário Diego Broering (SC), GM Omega/Sidney Paint, classe Stock

2 – Gabriel Bechtold/Marcelo Tatsch (SC/PR), GM Omega/Renn Tech, classe Stock

6 – Caio Lacerda (SP), Aldee-VW/HT Guerra, classe Premium

9 – Ciro Paciello (SP), GM Omega/Big Power Competições, classe Premium

11 – Armin Kliewer (RR), GM Omega/Careca Competições, classe Premium

12 – Mauro Kern Júnior (SP), Puma GTE/HT Guerra, classe Premium

14 – Anderson Andrade (PR), GM Omega/Careca Competições, classe Premium

16 – Denísio Casarini (SP), Willys Interlagos/Casarini Racing, classe Premium

17 – Ricardo Domenech/Rogério Barbato (SP/SP), GM Opala/RTC Racing Team

19 – Maurício Gaudêncio (PR), GM Omega/Careca Competições, classe Premium

20 – Deninho Casarini (SP), Porsche 914/Casarini Racing, classe Premium

27 – Wanderlei Berlanda (SC), GM Omega/Careca Competições, classe Premium

28 – Rubens Kliewer (PR), GM Omega/Careca Competições, classe Stock

33 – Roberto Lacombe (RS), Aldee-VW/Lacombe Motorsport by Mascarello, classe Premium

35 – Alex Morais (PR), Aldee-VW/Paraná Racing, classe Premium

37 – Giovani Almeida (SP), Aldee-VW/HT Guerra, classe Premium

38 – Luciano Fracaro (SP), GM Omega/Franzói Racing, classe Premium

42 – Richard Heidrich (SC), GM Omega/Careca Competições, classe Premium

46 – Robby Perez (ARG), Aldee-VW/Reverenda, classe Premium

55 – Paulo Loco Figueiredo (SP), Aldee-VW/Martini A1, classe Premium

302 – Leovaldo Petry (RS), Ford Maverick/Project Motorsport, classe Premium

343 – Franccesco Esposito (PR), GM Omega/Gasoline Racing, classe Stock

DIVISÃO 3

15 – Heitor Nogueira Filho (SP), Espron-BMW/Joes Racing, classe GTP

45 – Juliano Bastos/Heverson Bastos (PR/PR), Aldee-VW/Caús Motorsport, classe GTP

82 – Dudu Pimenta/Luiz Sérgio Santos (SP/SP), Puma GTE/EP reality-Quake 2, classe GTP

335 – Rogério Schuhli/Thiago Brandt (SP/SP), Aldee-VW/Terraquatro, classe GTP

337 – Leonardo Almeida (SP), Porsche 914/HT Guerra, classe GTP

339 – Rafael Schuhli (SP), Puma GTE/Terraquatro, classe GTP

913 – Carlão Estites (SP), Ford Escort/HT Guerra, classe Turismo

DIVISÃO 2

10 – Marcelo Kroth/Diego Lino (PR/PR), VW Gol/Garagem 88 Competições, classe Turismo

22 – Marcelo Kairis (SP), Puma GTE/Paddock-Saúva Racing, classe GT

30 – Carlos Eduardo Harmel (SP), VW Gol/JR Competiões, classe Turismo

32 – Reinaldo Cangueiro (SP), Farus TS/Canga Gulf Team, classe GT

43 – Hamilton Morsch (PR), GM Chevette/SR Competicões, classe Turismo

44 – Guilherme Melo (MG), Puma GTE/Terraquatro, classe GT

74 – Arthur Bailo/Thiri Lorentz (PR/PR), VW Gol/Thiri Racing, classe Turismo

65 – Willian Chahine (SP), VW Passat/Paddock-Coelho’s, classe Turismo

69 – Solon Pezzini (MG), VW Gol/Go Racing, classe Turismo

158 – André Padilha (RS), VW Gol/158 Competições, classe Turismo

248 – Leandro Kairis (SP), Fiat 147/Paddock-Saúva Racing, classe Turismo

444 – Alexandre Peppe (SP), VW Passat/HT Guerra, classe Turismo

DIVISÃO 1

8 – Juliano Meira (SP), VW Voyage/Paddock-Coelho’s, classe Turismo

41 – Ike Nodari (SC), Fiat Uno/Terraquatro, classe Turismo

49 – Paulo Jalles (MG), Fiat Uno/Go Racing, classe Turismo

66 – Almir Morales (SC), VW Voyage/MP Competições-66 Motorsport, classe Turismo

78 – Matheus Beccalli (SP), VW Passat/HT Guerra, classe Turismo

79 – Norberto Kröning Correa (RS), VW Fusca/Premiocar, classe Speed

81 – Marcos Ramos/José Cordova (PR/PR), Peugeot 205/Cordova Motorsport, classe Turismo

88 – Moacir Fighera/Daniel Fighera (RS/RS), VW Fusca/Fighera Competições, classe Speed

101 – Everton CostaWagner (SP), VW Passat/Coelho’s, classe Turismo

112 – Carlos Guizzo (RS), VW Fusca/Ele & Ela Racing, classe Speed

133 – Duda Weirich (PR), VW Voyage/Weirich Racing, classe Turismo

166 – Andrew Leonardi (PR), VW Gol/Thiri Racing, classe Turismo

222 – Fábio Tokunaga (PR), VW Gol/Red Foot Racing Team, classe Turismo

777 – Paulo Henrique Costa (PR), VW Voyage/Red Foot Racing Team, classe Turismo

Consultoria de Comunicação e Assessoria de Imprensa

SIG Comunicação – sig@sigcomunicacao.com.br

Silvana Grezzana Santos | +55 (11) 999.726.966

Crédito fotos: Rafa Catelan

Categorias
Geral

Gold Classic rompe fronteira e consolida seu décimo evento com GP Uruguai

Leovaldo Petry conquista vitória geral em Rivera com Ford Maverick que atende proposta de regulamento para implantação de novo grid a partir de 2022

Criada e realizada pela primeira vez em Cascavel, no Autódromo Internacional Zilmar Beux, a Gold Classic Brasil rompeu a fronteira quase três anos depois de seus primeiros momentos. O décimo evento da história da categoria, que tem auferido os grids mais numerosos do automobilismo brasileiro, teve no último domingo (12) a realização extracampeonato do GP Uruguai. O Autódromo Eduardo Prudêncio Cabrera, palco da disputa, localiza-se na cidade de Rivera, que marca a fronteira com o Brasil sendo vizinha à gaúcha Santana do Livramento.


Largada do GP Uruguai, com Leovaldo Petry à frente

Em que pese os contingentes numerosos da categoria nas pistas brasileiras onde já teve eventos – Cascavel, Curitiba e Interlagos –, o grid do GP Uruguai foi o mais enxuto da Gold Classic em dez edições realizadas. Foram 28 os carros na pista de 3.160 metros de Rivera. O grid da primeira corrida do domingo contou com 27, decorrência do incêndio que consumiu parte do Aldee-VW do paranaense Paulo Rogério Stelle nos treinos livres de sábado. Stelle formou uma dupla de última hora com o gaúcho César “Bica” Vianna na Divisão 2/Turismo.

Giovani Almeida foi o vencedor da prova na Divisão 4

O evento no Uruguai acolheu uma experiência da Gold Classic voltada à Super Gold, categoria para carros de preparação acima dos limites admitidos pelo regulamento técnico: a Super Gold poderá formar um grid à parte nos eventos de 2022, a partir de uma composição em discussão entre organização e pilotos. O vencedor geral do GP Uruguai, inclusive, integrou a Super Gold: o gaúcho Leovaldo Petry, com um Ford Maverick. O catarinense Rodrigo Bonora, com uma carroceria de Fusca instalada sobre o chassi de um Aldee-VW, ficou com a segunda colocação.


Flores e Lacombe em dobradinha gaúcha na D3/GTP

Pela Divisão 4, Giovani Almeida, campeão na Divisão 2/Turismo, conquistou a vitória no GP Uruguai na soma dos pontos das duas baterias. A segunda posição coube a Ciro Paciello, piloto do GM Omega da Big Power Competições. Mauro Kern, de Puma GT, e Caio Lacerda, de Aldee-VW, foram terceiro e quarto. Todos são pilotos paulistas. O quinto lugar coube a Stelle. A Divisão 3 teve vitórias do paulista Carlão Estites, com o Ford Escort da HT Guerra, e do gaúcho Leonardo Flores, com o VW Fusca da 55Racing, nas divisões Turismo e GTP, respectivamente.

Carlão Estites foi campeão na Divisão 3/Turismo

Pela Divisão 2/Turismo, vitória dos gaúchos Sérgio e Anderson Rocha, pai e filho, pilotos do GM Kadett da RS Sports Team. O catarinense Fábio Menegaro foi o segundo com o VW Voyage da Menegaro Racing. Willian Chahine, paulista inscrito com o VW Passat da Paddock Racing-Coelho’s, ficou em terceiro, à frente do gaúcho André Padilha, piloto do VW Gol da 158 Competições, e do uruguaio Andrés Rachid, com o Ford Escort da Turco Garage. A classe GT teve vitória do paulista Marcelo Kairis, com o Puma GT da Paddock/Saúva Racing.

A família Rocha triunfou na Divisão 2/Turismo

Houve vitória de pai e filho também na Divisão 1/Speed, com Moacir e Daniel Fighera à frente de Carlos Guizzo, ambos com VW Fusca e competindo por equipes próprias. Fechando a “trinca” gaúcha, o terceiro foi Jorge Machado, com o VW 1600 da paulista LF Competições. Na classe Turismo a vitória foi do paulista Juliano Meira, com o VW Voyage da Paddock Racing/Coelho’s, que empunhou a bandeira do Brasil na volta da vitória e foi aplaudido pela torcida uruguaia. A Gold Classic Brasil terá sua etapa final no dia 31 de outubro em Cascavel.


Marcelo Kairis, representante da Divisão 2/GT
Fighera e Guizzo, os gaúchos da Divisão 1/Speed
Juliano Meira obteve vitória na Divisão 1/Turismo

RESULTADOS DO GP URUGUAI GOLD CLASSIC

Divisão 1/Turismo

1°) Juliano Meira (SP), VW Voyage, Paddock Racing-Coelho’s

2°) Ike Nodari (SC), Fiat Uno/Terraquatro

3°) Tarcires Soares (CE), Fiat Uno/Boteco Praia-Saúva Racing

4°) Paulo Henrique Costa (PR), VW Voyage/Red Foot Racing Team

5°) Almir Morales (SC), VW Voyage/66 Motorsport-MP Competições

6º) Nando Brock (RS), Mini Cooper/Eltz Racing

Divisão 1/Speed

1°) Moacir Fighera/Daniel Fighera (RS/RS), VW Fusca/Fighera Competições

2°) Carlos Guizzo (RS), VW Fusca/Ele & Ela Racing

3°) Jorge Machado (RS), VW 1600/LF Competições

Divisão 2/Turismo

1°) Sérgio Rocha/Anderson Rocha (RS/RS), GM Kadett/RS Sports Team

2°) Fábio Menegaro (SC), Menegaro Racing

3°) Willian Chahine (SP), VW Passat/Paddock Racing-Coelho’s

4°) André Padilha (RS), VW Gol/158 Competições

5°) Andrés Rachid (URU), Ford Escort/Turco Garage

6º) César Vianna/Paulo Stelle (RS/PR), VW Voyage/Lacombe Motorsport

7º) Leandro Kairis (SP), Fiat 147/Paddock-Saúva Racing

Divisão 2/GT

1°) Marcelo Kairis (SP), Puma GTE/Paddock-Saúva Racing

Divisão 3/Turismo

1°) Carlão Estites (SP), Ford Escort/HT Guerra

2°) Josimar Ribeiro (RS), VW Gol/Magro Mello Competições

Divisão 3/GT & Protótipos

1°) Leonardo Flores (RS), VW Fusca/55Racing

2°) Roberto Lacombe (RS), VW Gol/Lacombe Motorsport by Mascarello

Divisão 4/Premium

1°) Giovani Almeida (SP), Aldee-VW/HT Guerra

2°) Ciro Paciello (SP), GM Omega/Big Power Competições

3°) Mauro Kern (SP), Puma GTE/HT Guerra

4°) Caio Lacerda (SP), Aldee-VW/HT Guerra

5°) Paulo Stelle (PR), Aldee-VW/Lacombe Motorsport by Mascarello

Super Gold

1°) Leovaldo Petry (RS) Ford Maverick/Project Motorsport

2°) Rodrigo Bonora (SC), Aldee-VW-Fusca/Bonora Racing

Consultoria de Comunicação e Assessoria de Imprensa

SIG Comunicação – sig@sigcomunicacao.com.br

Silvana Grezzana Santos | +55 (11) 999.726.966

Crédito fotos: Rafa Catelan

Categorias
GT Sprint Race

“Tudo pode acontecer até a última corrida da GT Sprint Race”, diz Francesco Franciosi

Piloto da Bahia vem confiante, já que na última corrida, em Curitiba, ele pegou mais um pódio. O próximo desafio será no Autódromo Potenza, no dia 03 de outubro.

Francesco Franciosi, inscrito na categoria PROAM, em sua segunda temporada na GT Sprint Race, compõe do grid do campeonato Brasil e do minitorneio Special Edition. Com evolução e autoconfiança, o piloto comanda o GTSR#73 e figura entre as primeiras colocações na tabela de classificação, com seis etapas disputadas, é o vice-líder do Overall, com 226 pontos.

Franciosi foi ao pódio por quatro vezes na segunda posição ao longo do ano. Ele assegura também a vice-liderança no torneio nacional, com 138 pontos. “A edição está sendo bem disputada. E a nossa expectativa continua boa e é ganhar. Ainda estou um pouco longe mais pode acontecer de tudo”, destacou o piloto de 20 anos representante da cidade de Luís Eduardo Magalhães, localizada na região Oeste da Bahia.

“Vai ser ótimo o próximo desafio, pista nova, estou ansioso [pela final do Special Edition no Autódromo Potenza]”, disse. “Este ano temos um time forte de jovens talentosos que mostraram grande atuação nas suas categorias como Pedro Aizza, Pedro Ferro, Rafael Dias, Giovani Girotto, Adriano Ramos, e ainda temos grandes estrelas do automobilismo nacional, além dos pilotos campeões da GT”, completou, antes de dizer que se considera competitivo como eles.

O campeonato caminha para as três etapas finais do calendário, a decisiva prova do GT Sprint Race Special Edition, dia 03 de outubro, e mais duas do campeonato Brasil previstas para 31 de outubro e 03 de dezembro. Portanto, são nove etapas e 21 corridas na 10ª edição do evento.

A GT Sprint Race é patrocinada pela Pirelli e Militec1, têm apoio da TecPads, Fremax, Tekbond, Graxa e Gold Springs.

Classificação do Campeonato Overall (após seis etapas)

PRO

1) #21 Thiago Camilo, 243 pontos

2) #01 Alex Seid, 228

3) #11 Weldes Campos, 218

4) #25 Eduardo Trindade/Sérgio Ramalho, 217

5)#19 Nathan Brito, 211

6) #83 Gabriel Casagrande/Eduardo Pavelski, 199

7) #82 Gerson Campos, 192

8) #04 Julio Campos /Léo Torres, 136

9) #01 Marcelo Henriques, 130

10) #03 Pedro Ferro, 122

11) #21 Beto Cavaleiro, 121

12) #19 Luciano Zangirolami, 94

13) #37 Lourenço Beirão, 88

14) #11 Cesar Ramos, 73

15) #37 Zezinho Muggiati, 52

AM

1) #17 Walter Lester, 250 pontos

2) #31 Adriano Ramos, 179

3) #37 Luis Debes, 176

4) #72 Giovani Girotto, 171

5) #31 Caê Coelho, 136

6) #59 Danny Candia, 88

7) #33 Bruno Campos, 50

8) #04 Leandro Parizotto/Cassio Cortes, 48

9) #31 Vinny Azevedo/Luiz Arruda, 46

10) #59 Ernesto Benidez, 35

11) #37 Ricardo Siqueira, 32

12) #33 Emilio Padron, 30

16) #12 Rafael Maeda/Marcus Índio, 28

17) #59 Oscar Bittar, 25

13) #90 José Vitte, 24

14) #21 Cesar Fonseca, 16

15) #07 Pedro Bezerra, 16

PROAM

1) #35 Pedro Aizza, 311 pontos

2) #73 Francesco Franciosi, 226

3) #13 Rafael Dias, 198

4) #793 Adalberto Baptista, 196

5) #161 Pedro Costa/Antonio Junqueira, 194

6) #03 Pedro Ferro, 122

7) #373 Raphael Teixeira, 82

8) #13 Marcus Índio, 66

9) #373 Kleber Eletric, 60

10) #69 Daniel Correa, 49

11) #03 Lourenço Beirão , 39

12) #12 Zezinho Muggiati/Edgar Bueno Neto, 26

13) #373 Roberto Possas, 22

Classificação da GT Sprint Race Brasil (após oito corridas)

AM

1) #37 Luis Debes, 176 pontos

2) #17 Walter Lester, 156

3) #31 Caê Coelho/Adriano Ramos, 150

4) #72 Giovani Girotto, 70

5) #59 Danny Candia, 53

6) #33 Bruno Campos, 50

7) #33 Emilio Padron, 30

8) #12 Rafael Maeda/Marcus Índio, 28

9) #59 Oscar Bittar, 25

10) #90 José Vitte, 24

11) #07 Pedro Bezerra, 16

PRO

1) #04 Julio Campos /Léo Torres, 150 pontos

2) #01 Alex Seid/Marcelo Henriques, 130

3) #83 Gabriel Casagrande/Eduardo Pavelski, 125

4) #21 Thiago Camilo/Beto Cavaleiro, 121

5) #82 Gerson Campos, 119

6) #11 Weldes Campos, 109

6) #25 Eduardo Trindade/Sérgio Ramalho, 105

8) #19 Nathan Brito/Luciano Zangirolami, 84

PROAM

1) #35 Pedro Aizza, 169 pontos

2) #73 Francesco Franciosi, 138

3) #13 Rafael Dias, 132

4) #03 Pedro Ferro, 122

5) #161 Pedro Costa/Antonio Junqueira, 105

6) #793 Adalberto Baptista, 97

7) #03 Lourenço Beirão, 39

8) #12 Zezinho Muggiati/Edgar Bueno Neto, 26

Confira as tabelas completas do Overall, GTSR Brasil, GTSR Special Edition e Rookie Off The Year no site https://sprintrace.com.br/tabela-de-classificacao-2021/.

Calendário GT Sprint Race 2021:

Etapa 7 – 03 de Outubro – Lima Duarte/MG (#SpecialEdition)

Etapa 8 – 31 de Outubro – A confirmar (Brasil)

Etapa 9 – 05 de Dezembro – Curitiba/PR (Brasil/#MatchPoint)

Siga-nos também nas redes sociais:

Facebook: fb.com/SprintRaceBrasil

Twitter: @Sprint Race

Youtube: youtube.com/sprintracebrasil

Instagram: instagram.com/sprintrace

Site: www.sprintrace.com.br

Fotos para download:  https://www.flickr.com/photos/gt_sprint_race/albums

Consultoria de Comunicação e Assessoria de Imprensa

SIG Comunicação – sig@sigcomunicacao.com.br

Silvana Grezzana Santos | +55 (11) 999.726.966

Crédito fotos: Luciano Santos/SiGCom

Categorias
Léo Torres

Léo Torres e Julio Campos disparam liderança da GT Sprint Race 2021

Com vitória e segunda colocação nas corridas da quarta etapa do campeonato Brasil, dupla curitibana soma 150 pontos na tabela de classificação da classe PRO, vinte a mais que o segundo colocado.

Pinhais, PR – Léo Torres e Julio Campos, da GT Sprint Squad e que dividem o GTSR#04, disparam na liderança da classe PRO, após disputarem as duas corridas da quarta etapa do Campeonato Brasil e sexta etapa do calendário da temporada 2021 da GT Sprint Race, que aconteceu na manhã deste domingo (05) no Autódromo Internacional de Curitiba. A dupla curitibana venceu a primeira corrida e ficou na segunda posição na seguinte e, com os resultados, soma 150 pontos, 20 a mais que o segundo colocado.

Na primeira corrida, a equipe usou de estratégia e colocou Julio Campos para a disputa. O piloto já vinha da disputa do Endurance, no autódromo paulista Velocitta, e chegou na madrugada deste domingo. Partindo da última posição do grid, o experiente Campos fez uma corrida de recuperação, ultrapassando todos do grid e conquistando a vitória na penúltima das 15 voltas da prova.

“Normalmente eu piloto na segunda corrida, mas como o Léo ficou em terceiro na tomada dele, não achei justo deixa-lo largar em último, na primeira corrida. Sabia que, chegando entre os oito primeiros, a gente ia ter uma boa vantagem na Inversão e ele largaria numa posição mais justa pra ele conseguir fazer uma boa corrida. Foi bom, vim passando todo mundo, me divertindo, e acabei me aproveitando de algumas batidas que aconteceram ao longo do circuito”, relata o vencedor.

Léo Torres largou da terceira posição, na segunda corrida, e logo assumiu a ponta, dominando quase toda a prova. Algumas voltas para o final, tomou ultrapassagem de Thiago Camilo e recebeu a bandeira quadriculada na segunda posição. “Correr com o carinho da família e amigos foi irado! Uma pista que adoro, e no meio desses dois monstros da Stock Car. Foi uma corrida sensacional. Segurei o máximo que consegui o Thiago, mas ele está de parabéns, o cara acelera muito.  E para o campeonato, foi muito bom, Julinho fez P1 na primeira, e meu P2 na segunda, abrimos ainda mais pontos no campeonato”, revela o parceiro de Julio Campos.

“Primeira vez que corro na segunda corrida, ao vivo no Canal Bandsports, foi muito legal! Dei o meu máximo, e o bom que não tinha a responsabilidade de entregar o carro inteiro para o Julinho, pois ele já tinha feito a corrida 1”, destaca Léo.  “A briga com o Camilo, Seid e Casagrande foi bem limpa e dura. Espero manter a liderança do campeonato até o final, estamos focados no nacional! Sempre visando somar o máximo de pontos por etapa”, conclui.

O próximo compromisso da dupla na GT Sprint Race será no dia 03 de Outubro em Lima Duarte, Minas Gerais, na inauguração do Autódromo Potenza com a realização da sétima etapa do calendário 2021, terceira e decisiva etapa do torneio GTSR Special Edition.

Os pilotos Léo Torres e Julio Campos (GTSprintSquad) contam com patrocínio da Realsmart, Concept Locadora, Link Monitoramento, PepperSim e Progressiva – Proteção Veicular, e apoio da Adesipar e Daytona Rodas e Pneus.

Resultado da primeira corrida:

1) #04 Julio Campos/ Léo Torres, PRO, 25min52seg062

2) #35 Pedro Aizza, PROAM, a 2s084

3) #73 Francesco Franciosi, PROAM, a 2s891

4) #300 Marcelo Henriques/ Alex Seid, PRO, a 14s337

5) #82 Gerson Campos, PRO, a 14s520

6) #25 Eduardo Trindade/ Sérgio Ramalho, PRO, a 15s304

7) #11 Weldes Campos, PRO, a 25s437

8) #161 Pedro Costa/ Antonio Junqueira, PROAM, a 33s383

9) #59 Oscar Bittar /Danny Candia, AM, a 55s945

10) #21 Beto Cavaleiro/ Thiago Camilo, PRO, a 56s413

11) #83 Eduardo Pavelski/ Gabriel Casagrande, PRO, a 1min00seg850

12) #31 Caê Coelho/Adriano Ramos, AM, a 1min14seg927

13) #793 Adalberto Baptista, PROAM, a 1min23seg345

14) #17 Walter Lester, AM, a 1min23seg710

15) #37 Luis Debes, AM, a 1min23seg883

16) #12 Rafael Maeda/ Marcus Índio, AM, a 1min24seg104

17) #13 Rafael Dias, PROAM, a 1 volta

18) #19 Nathan Brito/ Luciano Zangirolami, PRO, a 2 volta

Não completou 75% da prova:

19) #72 Giovani Girotto, AM, DQ

Resultado da segunda corrida:

1) #21 Thiago Camilo / Beto Cavaleiro, PRO, 12 voltas, 21min44seg750

2) #04 Léo Torres / Julio Campos, PRO, a 0s719

3) #83 Eduardo Pavelski/ Gabriel Casagrande, PRO, a 0s856

4) #300 Alex Seid/ Marcelo Henriques, PRO, a 3s521

5) #35 Pedro Aizza, PROAM, a 8s692

6) #13 Rafael Dias, PROAM, a 13s887

7) #82 Gerson Campos, PRO, a 28s661

8) #37 Luis Debes, AM, a 35s745

9) #19 Luciano Zangirolami/ Nathan Brito, PRO, a 40s611

10) #31 Adriano Ramos/ Caê Coelho, AM, a 41s194

11) #12 Rafael Maeda/ Marcus Índio, AM, a 52s824

Não completaram 75% da prova

12) #17 Walter Lester, AM, a 6 voltas

13) #59 Danny Candia/ Oscar Bittar, AM, a 7 voltas

14) #11 Weldes Campos, PRO, a 11 voltas

15) #161 Pedro Costa/ Antonio Junqueira, PROAM, a 11 voltas

16) #73 Francesco Franciosi, PROAM, a 11 voltas

17) #793 Adalberto Baptista, PROAM, sem tempo

18) #72 Giovani Girotto, AM,  sem tempo

19) #25 Sérgio Ramalho/Eduardo Trindade, PRO, DQ

Classificação da GT Sprint Race Brasil (após oito corridas)

PRO

1) #04 Julio Campos /Léo Torres, 150 pontos

2) #01 Alex Seid/Marcelo Henriques, 130

3) #83 Gabriel Casagrande/Eduardo Pavelski, 125

4) #21 Thiago Camilo/Beto Cavaleiro, 121

5) #82 Gerson Campos, 119

6) #11 Weldes Campos, 109

6) #25 Eduardo Trindade/Sérgio Ramalho, 105

8) #19 Nathan Brito/Luciano Zangirolami, 84

Calendário GT Sprint Race 2021:

Etapa 7 – 03 de Outubro – Lima Duarte/MG (#SpecialEdition)

Etapa 8 – 31 de Outubro – Palmeira/PR (Brasil/#AirportTrack)

Etapa 9 – 05 de Dezembro – Curitiba/PR (Brasil/#MatchPoint)

Mais informações no Instagram: @GTSprintSquad

Consultoria de Comunicação e Assessoria de Imprensa

SIG Comunicação – sig@sigcomunicacao.com.br

Silvana Grezzana Santos/ Josi Castro | +55 (11) 999.726.966

Crédito fotos: Rodrigo Guimarães

Categorias
GT Sprint Race

Luis Debes conquista a liderança da classe AM na GT Sprint Race 2021

Curitibano chega a cinco vitórias em oito etapas disputadas e soma 176 pontos na tabela do Campeonato Brasil da categoria, 20 a mais que o segundo colocado

Pinhais (PR) – Após as duas corridas da quarta etapa do Campeonato Brasil e sexta etapa do calendário da temporada 2021 da GT Sprint Race, que aconteceu na manhã deste domingo (05) no Autódromo Internacional de Curitiba, Luis Debes conquistou a liderança da classe AM. O piloto da GTSR#37 ficou em quarto na primeira prova e venceu a segunda – a quarta vitória na temporada – e, ambos os resultados deixaram o curitibano com 176 pontos, 20 a mais de vantagem em relação ao segundo colocado.

“O final de semana começou com um susto na primeira corrida. A gente tinha tudo para ir pra frente, mas a pista estava muito lisa e molhada e este é um ambiente que me sinto um pouco inseguro em acelerar. E tive o susto logo na primeira volta o que me fez terminar na quarta posição. Na segunda corrida, foi bem tensa, mas conseguimos desviar das confusões que aconteceram em pista e deu tudo certo. Essa era a posição que eu queria estar no campeonato, saindo de Curitiba, e tendo duas etapas pela frente. E dá mais ânimo ainda pra gente disputar as próximas corridas”, aponta.

Debes teve a vantagem de correr praticamente “no quintal de casa”, em uma pista que conhece bem. Com a de hoje, o paranaense completa quatro vitórias na temporada – uma em Interlagos, duas em Cascavel e uma em Curitiba – e é um dos pilotos mais regulares da competição, pontuando nas oito corridas das quatro etapas, subindo cinco vezes ao pódio do Campeonato Brasil.

“Por um lado, é um pouco mais fácil correr em casa, pois conhecemos bem a pista. Por outro lado, não conseguimos nos desligar da nossa rotina. Mas só de poder abraçar minha família no final da corrida torna tudo mais especial e mais emocionante”, afirma o piloto que é radicado na Capital do Paraná e faz parte da equipe GT Sprint Squad.

O próximo desafio da 10ª edição da GT Sprint Race será no dia 03 de Outubro em Lima Duarte, Minas Gerais, na inauguração do Autódromo Potenza com a realização da sétima etapa do calendário 2021, terceira e decisiva etapa do torneio GTSR Special Edition.

O piloto Luis Debes conta com patrocínio de Maxon Oil, Plaza Fácil, Realsmart, Ipl Construtora, Concept Locadora, Essex Startups, Bodebrown, Valore Elbrus e apoio de Peppersim e VOI.

Classificação da GT Sprint Race Brasil (após oito corridas)

AM

1) #37 Luis Debes, 176 pontos

2) #17 Walter Lester, 156

3) #31 Caê Coelho/Adriano Ramos, 150

4) #72 Giovani Girotto, 70

5) #59 Danny Candia, 53

6) #33 Bruno Campos, 50

7) #33 Emilio Padron, 30

8) #12 Rafael Maeda/Marcus Índio, 28

9) #59 Oscar Bittar, 25

10) #90 José Vitte, 24

11) #07 Pedro Bezerra, 16

Calendário GT Sprint Race 2021:

Etapa 7 – 03 de Outubro – Lima Duarte/MG (#SpecialEdition)

Etapa 8 – 31 de Outubro – Palmeira/PR (Brasil/#AirportTrack)

Etapa 9 – 05 de Dezembro – Curitiba/PR (Brasil/#MatchPoint)

Mais informações no Instagram: @GTSprintSquad

Consultoria de Comunicação e Assessoria de Imprensa

SIG Comunicação – sig@sigcomunicacao.com.br

Silvana Grezzana Santos/ Josi Castro | +55 (11) 999.726.966

Crédito fotos: Luciano Santos/SiGcom